15 setembro, 2012

3 de Setembro - Amor Verdadeiro III



 “Quem ama não é grosseiro e nem egoísta” 1 Coríntios 13:5
(continuação...) Neste momento ele viu Hollis Meynell. Ela estava mais atrás, em pé, quase na mesma direção da moça loira, uma mulher que já passara dos quarenta, seu cabelo meio grisalho aparecendo sob o chapéu surrado. Era mais do que roliça e seus pés de tornozelos grossos estavam enfiados em sapatos de saltos baixos. Mas ela usava uma rosa vermelha na lapela amarrotada de seu casaco marron, tinha um brilho sincero e bondoso em seus escuros olhos e um rosto redondo , tão delicado e agradável. O tenente Blandford não hesitou. Seus dedos apertavam o pequeno e velho exemplar de “A Servidão Humana”, que deveria identificá-lo. Isso não seria amor, mas alguma coisa preciosa, algo talvez mais verdadeiro que amor, uma amizade pela qual ele seria para sempre agradecido... (continua amanhã).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.