11 agosto, 2011

10 de Agosto - Nada é Por Acaso...


“Todas as coisas trabalham juntas para o bem daqueles que amam a Deus” Romanos 8:28
Existe uma Igreja nos Estados Unidos chamada “Almighty God Tabernacle” (Tabernáculo do Deus Todo Poderoso). Num sábado à noite o Pastor dessa Igreja ficou trabalhando até mais tarde e decidiu ligar para sua esposa antes de voltar para casa. Era por volta de 22:00 hs. A esposa não atendeu ao telefone, apesar do Pastor deixar tocar várias vezes. Ele pensou que sua esposa estivesse ocupada e continuou a fazer mais algumas coisas. Mais tarde, ele tentou de novo e sua esposa atendeu de imediato. Ele perguntou porque ela não havia atendido antes e ela disse que o telefone sequer havia tocado. O pastor ficou bravo, esquecendo-se que deveria ser um marido compreensivo. Na segunda feira seguinte, o Pastor recebeu um telefonema no escritório da Igreja do número que ele havia discado no sábado à noite. O homem com quem falava queria saber porque o Pastor havia ligado para ele no sábado... (Continua amanhã).

9 de Agosto - Amar-se Incondicionalmente

“Amarás o teu próximo como a ti mesmo” Jesus (Lucas 10:27)
Nossa mais importante e talvez a mais negligenciada responsabilidade é “cuidar de nós mesmos”, e como isso é difícil para alguns de nós! É comum ficarmos quebrando a cabeça, tentando imaginar o que o outro está sentindo ou pensando, ao invés de atentarmos para o que  nós estamos sentindo ou pensando. A autora Melody Beattie, em seu livro “Co-dependência Nunca Mais”  nos lembra que somos responsáveis por nós mesmos : “Eu sou responsável por mim; Eu sou responsável por viver ou não a minha vida; Eu sou responsável por prover o meu bem estar, espiritual, emocional, físico e financeiro; Eu sou responsável por identificar e satisfazer minhas necessidades; Eu sou responsável pelo tanto que desfruto de minha vida; Eu sou responsável pelo que faço aos outros, e pelo que eu permito que os outros me façam”.
Reflexão Dirigida:
1) Que gesto de amor você teve para com você hoje?
2) Que possamos aprender a ser o(a) nosso(a) melhor amigo(a).
3) Deus nos convida a nos amar de forma incondicional como Ele nos ama.