31 outubro, 2011

11 - Silêncio Interior

“Escutem ó céus, preste atenção, ó terra, pois o Senhor Deus falou” Isaías 1:2 
Recados de Deus: 1. Se alguém lhe fechar a porta, não gaste energia com o confronto, procure as janelas. Lembre-se da sabedoria da água, ela nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna. 2. Se você perder o amanhecer que fiz para você hoje, não tem importância, Eu lhe farei outro amanhã. 3. Não esqueça de levar o guarda-chuva. Hoje preciso molhar as plantas. 4. Passe lá em casa no domingo antes do jogo... venha e traga as crianças, precisamos bater um papo. 5. Eu curto casamento, convide-me para o seu. 6. Essa coisa de “Ame Seu Próximo” Eu falei sério! 7. Siga-me, venha... carregarei sua cruz com prazer. Você não está sozinho, você tem a mim. Eu quero lhe dar o melhor presente... coloque-se em minhas mãos e observe...”
Reflexão Dirigida:
1) Deus fala conosco das mais diversas formas.
2) Experimente aproximar-se mais de Deus.
3) Cultive o silêncio interior para ouvir a voz de Deus.

10 de Outubro - Determinação

 “Sejam fortes e corajosos; não se assustem, nem tenham medo deles, pois é o Senhor nosso Deus, quem irá com vocês. Ele não os deixará, nem abandonará” Deuteronômio 31:6
“Quando Deus fez a ostra, Ele garantiu-lhe absoluta segurança econômica e social. Construiu-lhe uma casa, que é a concha, para protegê-la de seus inimigos. Quando está faminta a ostra simplesmente abre sua concha e o alimento corre em sua direção. Ela não tem preocupações, não briga com ninguém, não vai a lugar nenhum. Mas, quando Deus fez a águia, Ele deu-lhe o céu como domínio... Então a águia fez seu ninho no mais alto penhasco, onde é ameaçada constantemente por tempestades. Ela voa quilômetros através de chuva, neve, granizo e vento à procura de alimentos. Ela grita seu desafio ao universo, e vai sozinha tomando conta e construindo sua própria vida. E quando provocada, é uma adversário feroz para seus inimigos. Lembre-se, que a águia e não a ostra é o símbolo do sucesso”. Portanto, continue... continue... apesar do cansaço, pois daqui há pouco, você chegará aonde precisa e deseja estar!
Reflexão Dirigida:
1) A perseverança é uma virtude que faz parte da jornada do sucesso.
2) Cultivemos a coragem e a determinação e sigamos em frente.
3) Em comunhão com Deus nossas forças são renovadas a cada dia.

7 de Outubro - Distração

 “Deus é amor. Aquele que vive no amor vive unido com Deus e Deus unido com ele” 1 João 4:16
Não podemos nos distrair a ponto de esquecer... a necessidade de demonstrar constantemente o amor que sentimos, através de nossas palavras e atitudes. Não podemos nos distrair a ponto de esquecer... o sofrimento que há à nossa volta, e a dor de tantos que podem ser aplacadas através da nossa generosidade. Não podemos nos distrair a ponto de esquecer... que na mesma medida em que perdoarmos aqueles que nos magoaram, seremos perdoados por também termos magoado. Não podemos nos distrair a ponto de esquecer... quem somos, o que gostamos, o que sonhamos, e para onde estamos indo. Não podemos nos distrair a ponto de esquecer... que todos nós, possuímos uma dimensão espiritual que necessita alimento e cuidados. Não podemos nos distrair a ponto de esquecer... que Deus ama a cada um de nós, e espera que deixemos que o seu amor entre e ilumine as nossas vidas.
Reflexão Dirigida:
1) Observemos com cuidado aonde temos colocado nossa atenção.
2) Que diariamente possamos cultivar nossa dimensão espiritual.
3) Que a distração não nos afaste do que realmente importa na vida.

6 de Outubro - Quando é o Momento Certo?

  “Como é boa a palavra certa na hora certa!” Provérbios 15:23
Dizem que falar é prata e calar é ouro. Muito é falado sobre a importância de falar no momento certo. Mas, como saber quando é o momento certo?  Existe várias recomendações a respeito, na sabedoria popular, muitas delas realmente boas, mas uma coisa é fato: antes do momento certo de falar, sempre haverá um outro, usado para pensar. Este pode ser bem curto ou muito extenso, mas é indispensável, e se, ao pensar no que pretendemos dizer, ficarmos em dúvida sobre a oportunidade, então o melhor será calar. Mas, já que essa palavra oportuna é como ouro, porque será que o ouro é tão valioso? As razões são duas: porque não se estraga e porque é raro. Se  nossas palavras mesmo ditas em boa hora, forem excessivas, já não valerão tanto. Pensar antes de falar é bom e necessário, mas pensar em sintonia com Deus é o que realmente importa.
Reflexão Dirigida:
1) Sobre a orientação de Deus, aprendemos a falar na hora certa.
2) Que nossas palavras promovam o amor e a esperança.
3) Não adianta nos arrependermos daquilo que foi dito, melhor é não dizer.

27 outubro, 2011

5 de Outubro - Espaço Mental

 “Porém a minha confiança está em ti, ó Senhor; Tu és o meu Deus” Salmo 31:14 
Quando pensamos só nos problemas, além de não conseguirmos enxergar o caminho para as soluções, corremos o risco de assumir uma postura de autopiedade e de vítima. Para buscarmos soluções para as diversas situações que enfrentamos, precisamos de espaço mental para raciocinarmos, e quando nossa mente está congestionada com pensamentos negativos acerca dos problemas, não há espaço para novas ideias chegarem. Falar com alguém de nossa confiança sobre o que está nos afligindo, nos ajudará muito a compreender o que está envolvendo a dificuldade que estamos enfrentando. Buscar a solução é a melhor alternativa para evitar a posição de vítima diante do problema. Pense em sua vida e faça um balanço. Quanto tempo do seu dia você desperdiça focando suas energias nos problemas e quanto tempo para encontrar soluções, caminhos ou ajuda para a resolução das questões?
Reflexão Dirigida:
1) É possível aprender a controlar os pensamentos que nos angustiam.
2) A oração nos ajuda a encontrar solução para nossos problemas.
3) Cultivemos a fé de que com Deus tudo pode ser resolvido.

4 de Outubro - Relacionamento Afetivo

 “Feliz é a pessoa que acha a sabedoria e que consegue compreender as coisas” Provérbios 3:13 
Quanto mais o indivíduo for competente para viver sozinho, mais preparado estará para construir uma boa relação afetiva, pois a nova forma de amor, tem uma feição e significado, onde há a união de 2 inteiros e não a união de 2 metades. Ela só é possível para aqueles que conseguem trabalhar sua individualidade. Todas as pessoas deveriam ficar sozinhas de vez em quando para estabelecer um diálogo interno e descobrir sua força pessoal. Na solidão, o indivíduo entende que a harmonia e a paz de espírito só podem ser encontradas dentro dele mesmo, e não a partir do outro. Ao perceber isso, ele se torna menos crítico e mais compreensivo quanto às diferenças, respeitando a maneira de ser de cada um. O amor entre duas pessoas inteiras é bem mais saudável. Neste tipo de ligação, há o aconchego, o prazer da companhia e o respeito pelo ser amado. (Dr.Flávio Gikovate).
Reflexão Dirigida:
1) Você se considera uma boa companhia para si mesmo(a)?
2) Conforme aprendemos a nos amar, amamos melhor o outro.
3) Que  Deus nos ensine a construir relacionamentos saudáveis.

3 de Outubro - Deixe o Sol Entrar...

“Eu lhes darei um coração novo e porei em vocês um espírito novo” Ezequiel 36:26
O coração é nosso tesouro precioso, nosso íntimo, a sede de nosso “Eu”, de nossa vontade e de nossas convicções; é lá que guardamos nossos pensamentos e anseios, nossos sonhos e segredos, e ninguém pode entrar nesta intimidade sem nossa permissão. Mas, infelizmente nem todos compreendem isso. Muitos deixam seus corações cheios de teia de aranha, que envolvem antigas mágoas e decepções. Outros os deixam cheios de mofo, causado por um passado de amarguras que não passam, e  permitem habitar nele, sentimentos que não merecem estar ali. Entretanto, somente a nós, cabe a responsabilidade de limpar, cuidar e zelar pelo que deixamos entrar e permanecer em nossos corações. É tempo de abrir as janelas e deixar o sol entrar, e dissolver toda a treva dos nossos corações.
Reflexão Dirigida:
1) Que tal criar coragem e fazer uma bela faxina em seu coração?
2) O Espírito Santo consolador é o que consola um coração ferido.
3) Que permaneça em nosso coração somente o que mereça estar nele.

26 outubro, 2011

30 de Setembro - Gratidão II

 “Jesus levou as nossas doenças e carregou as nossas enfermidades” Mateus 8:17
“Aqui, celebramos o ofício integrado entre os corpos diretivos, clínicos e de apoio em geral... Aqui, seguimos as regras e as hierarquias da casa, colaborando com a manutenção da ordem e da disciplina internas... Aqui, o lema é a cura, a ética e a moral nossos limites... Aqui, passividade e comodismo diante do insucesso, jamais... Aqui, enfim, cada fração de tempo é um aprendizado com a vida, para a vida e pela vida... Senhor, não obstante a nossa natural fragilidade humana, com toda humildade nós vos pedimos a vossa benção para que cada um de nós tenha para com o outro o devido respeito, fazendo prevalecer o diálogo e priorizando, sobretudo, o amor. Escutai, Senhor, a nossa prece.”
Reflexão Dirigida:
1) Visite os doentes e estenda a mão para os que sofrem.
2) Agradeçamos a Deus todos os dias pela nossa saúde.
3) A fé em Deus e nossas orações nos fortalecem na provação.

29 de Setembro - Gratidão I

 “E ajuntava-se muita gente para ouvir Jesus e ser por Ele curada das suas enfermidades” Lucas 5:15 
O advogado escritor e poeta Alceu Sebastião Costa esteve no Hospital do Coração acompanhando a internação de sua sogra. Agradecido em relação ao atendimento prestado pela equipe do hospital, o escritor encaminhou à diretoria a seguinte oração de sua autoria: “Senhor, cumprindo os vossos desígnios, estamos nas dependências deste hospital envolvidos com questões que afetam o nosso bem maior: a vida. Aqui, é dever de cada um despir-se de suas vaidades... Aqui, somos iguais, independente de posses, raças e credos... Aqui, conhecemos a estreita passagem entre a vida e a morte... Aqui, somos hóspedes e hospedeiros da alegria e da dor... Aqui, estamos fadados ao riso e ao choro a todos instante... Aqui, dobramos nossos joelhos, agradecidos e arrependidos... Aqui, promovemos a comunhão universal entre pacientes, acompanhantes e funcionários...(continua amanhã).

28 de Setembro - Autoconhecimento

“Dá instrução ao sábio e ele se fará mais sábio” Provérbios 9:9
1. Quando você comete um erro, costuma dizer: “Enganei-me” e aprende a lição ou diz: “A culpa não foi minha” e responsabiliza os outros? 2. Você acredita que a adversidade é o melhor dos mestres, ou sente-se uma vítima diante de uma adversidade? 3. Você tem consciência que o resultado das coisas depende de si mesmo ou acha-se perseguido(a) pelo azar? 4. Você enfrenta os desafios um a um ao invés de fugir deles ou nem ao menos tenta enfrentá-los? 5.  Quando dá a sua palavra, compromete-se e cumpre ou faz promessas e não cumpre, se justificando quando falha? 6. Apesar de trabalhar muito, sempre arranja tempo para si mesmo(a) ou está sempre muito ocupado(a) e não tem tempo para si mesmo(a) e nem para os seus? 7. Você acredita fazer parte da solução ou do problema? Que nossas respostas a todas essas perguntas estejam nas afirmações antes da palavra  “ou”.
Reflexão Dirigida:
1) Nos observando é que poderemos mudar em nós aquilo que queremos.
2) O investimento em autoconhecimento ninguém pode nos roubar.
3) Com Deus é possível desenvolvermos atitudes mais assertivas.

27 de Setembro - Recuperação Emocional

“Sede transformados pela renovação do vosso entendimento” Romanos 12:2 
“Não somos ainda o que deveríamos ser... Não somos ainda o que gostaríamos de ser... Não somos ainda o que poderíamos ser... Mas graças a Neuróticos Anônimos, já não somos mais o que éramos”. Em Neuróticos Anônimos não doutrinamos e nunca procuramos analisar ou diagnosticar os outros. Nosso conhecimento da neurose e do caminho para a recuperação se deve às nossas trocas de experiências pessoais como neuróticos em recuperação. E é essa troca de experiências que constitui a ajuda por nós oferecida a todos os neuróticos que ainda sofrem e que realmente desejam libertar-se de seu sofrimento e descontrole emocional. As reuniões de Neuróticos Anônimos são lugares onde aprendemos através da ajuda mútua, a sentir amor, compreensão, aceitação e amizade. Todos são bem vindos às reuniões de N/A.
Reflexão Dirigida:
1) Todos nós podemos receber o apoio oferecido pelos grupos anônimos.
2) Tome uma atitude: Não sofra mais sozinho(a), busque ajuda.
3)  Deus nos estende a mão através dos grupos anônimos.

26 de Setembro - Nas Mãos de Deus

“Não foram vocês que me escolheram, pelo contrário, fui Eu que os escolhi” Jesus (João 15:16)
“Por que esta preocupação com filhos, pais, família, saúde, trabalho, futuro? Coloca no coração uma verdade eterna: Eu amo teus filhos, tua família, mais do que tu mesma és capaz de fazer ou imaginar. Tudo e todos são propriedades minhas. Grava na mente e no coração a verdade que nada pode mudar: EU TE AMO! Mais do que teus filhos, teu marido, tua esposa, teu pai, tua mãe, teus irmãos, teus amigos, mais que tudo e todos. EU TE AMO! Quando afirmei: “Não fostes vós que me escolhestes... pelo contrário, eu vos escolhi...” Tu estavas lá, incluído(a) na minha escolha. A iniciativa foi minha, Eu te amei primeiro. Por isso, mesmo quando erras, quando foges de mim, eu te amo e velo por ti. Lembra-te a todo instante, principalmente quando a solidão for maior. Quando o desânimo, a fadiga e o temor ameaçarem. Quando Eu mesmo te parecer distante e ausente, lembra-te: Teu nome está em minha mão. Eu te escolhi. Sou teu Deus, teu amigo, teu irmão. EU TE AMO!” (Jesus).
Reflexão Dirigida:
1) Nossa fé  nos dá a certeza de que nunca estamos sozinhos.
2) Que possamos crer verdadeiramente no amor de Deus por nós.
3) Que todos os dias coloquemos a nós e nossos amados nas mãos de Deus.

23 de Setembro - Convide...

 “E, em qualquer casa onde entrardes, dizei primeiro: Paz seja nesta casa.”Jesus (Lucas 10:5) 
Convide... a empatia para fazer parte da sua rotina, e perceberá como se torna mais fácil colocar-se no lugar do outro e entender que muitas vezes ele olha a vida e as situações, de forma diferente de você. Convide... a alegria para compartilhar com você cada cantinho da sua casa e perceberá como a pesada rotina do dia a dia, se tornará mais leve e agradável. Convide... o amor para fazer parte da sua família e perceberá que todas as vezes que ele se manifestar, novas forças surgirão e envolverão a todos.  A limpeza material de nossa casa é feita com água e produtos de limpeza. A limpeza espiritual por sua vez, é feita através das escolhas que fazemos, do que vamos dizer, do que vamos fazer e de como vamos reagir diante de cada situação que nos depararmos.
Reflexão Dirigida:
1) O que trazemos para dentro de nossas casas?
2) O que temos guardado na casa do nosso coração?
3) Contribuimos positivamente ou não para o ambiente espiritual à nossa volta.

22 de Setembro - Tempo de Florescer...

 “E as flores aparecem nos campos. É tempo de cantar...” Cantares 2:12 
Entre as definições de “Primavera” há uma assim: “Primavera é quando em um pedacinho da terra, as flores se abrem, o sol fica mais forte e a vida fica mais alegre! Mesmo sabendo que quando em um canto do Planeta Terra, se faz primavera, nos outros cantos se faz verão, inverno e outono. Mas, entre as estações, talvez seja a mais esperada, porque ela colore a terra, perfuma o ar, contagia-nos e alegra-nos”. Com Deus, não só daremos bons frutos de fé, esperança e amor, mas igualmente não teremos medo de atravessar as durezas do inverno e nem os calores próprios do verão, porque, como na primavera a terra se renova, nosso espírito ganha força e alegria. Nós somos chamados a fazer a diferença: lutar para que a primavera aconteça em todo o tempo, em todos os corações, em nossos gestos, palavras e atos. (Canção Nova).
Reflexão Dirigida:
1) Que em seu coração seja sempre primavera!
2) Que possamos levar a primavera  aos corações à nossa volta.
3) As flores são presentes que Deus nos dá constantemente.

21 de Setembro - Amar Incondicionalmente

 “Eu poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus e ter todo o conhecimento, mas se não tivesse amor, eu não seria nada” 1 Coríntios 13:2
Pier Giorgio Frassari, jovem universitário, esportista, gostava de ir a teatros, à ópera e aos museus, amava a arte e música. Aos 17 anos ingressou na Sociedade São Vicente de Paulo e dedicou a maior parte do seu tempo livre ao serviço dos doentes e necessitados, cuidando dos órfãos e dos soldados que voltavam da guerra para sua casa. Decidiu se graduar em engenharia mineral com a finalidade de “servir melhor a Cristo entre os mineiros”. Trazia consigo o pão que restaurava seus corpos e a palavra que confortava suas almas. Para Pier Giorgio Frassari a caridade não consistia só em entregar algo para os demais, mas, antes, em se entregar a si mesmo por inteiro. Tudo partindo do seu bolso e de seu coração foi destinado aos outros.  Ele nasceu para os outros e não para si próprio. E nós, o que já fizemos, ou temos feito para deixar alguém mais feliz? (Ação Jovem)
Reflexão Dirigida:
1) O egoísmo nos cega  e aprisiona.
2) Nos preocupamos com o que o outro está sentindo?
3) Que o amor de Deus se manifeste através de nós.

25 outubro, 2011

20 de Setembro - Superando o Medo III

 “Não tenha medo, pois estou com você” Isaías 43:5
“Mestre Benjamim parou de falar. Os olhos de todas as crianças estavam nele. Foi então que uma delas levantou a mão e perguntou: “E os lobos? Eles vão embora? Eles morrem?” Com toda ternura o Mestre respondeu: “Os lobos continuam a uivar, e continuam a ser perigosos. O pastor não consegue espantar todos eles. E por vezes eles atacam e matam, mas, as ovelhas, ouvindo a música da flauta do pastor dormem sem medo, não porque não haja mais perigo, mas apesar do perigo. Não há jeito de acabar com o perigo, mas há um jeito de acabar com o medo. Coragem é isso: dormir sem medo apesar do perigo...” As crianças voltaram para suas tendas e dormiram sem medo, pensando nos pensamentos das ovelhas. De vez em quando lá fora, ouvia-se o uivo de um lobo faminto. Desde então tornou-se costume contar ovelhinhas para dormir”.
Reflexão Dirigida:
1) Como você lida com os seus medos?
2) Não permita que o medo lhe impeça de avançar.
3) Peça a Deus coragem para seguir em frente apesar do medo.

19 de Setembro - Superando o Medo II


“O Senhor está comigo, e eu não tenho medo” Salmo 118:6
“Mas, aí misturado ao uivo dos lobos, elas ouvem a música mansa de uma flauta. È o pastor que cuida delas e não dorme nunca. Ouvindo a música da flauta elas pensam: “Há um pastor que me protege. Ele me leva aos lugares de grama verde e sabe onde estão as fontes de águas límpidas. Uma brisa fresca refresca a minha alma. Durante o dia ele me pega no colo e me conduz por trilhas amenas. Mesmo quando tenho que passar pelo vale escuro da morte eu não tenho medo. A sua mão e o seu cajado me tranquilizam. Enquanto os lobos uivam ele me dá o que comer. Passa óleo perfumado na minha cabeça para curar minhas feridas. E me dá água fresca para sarar o meu cansaço. Com ele não terei medo eternamente...” (Continua...)

16 de Setembro - Superando o Medo I

“O Senhor é a minha luz e a minha salvação, a quem temerei?” Salmo 27:1
Rubem Alves em seu livro: “Perguntaram-me se acredito em Deus”, conta a seguinte história: “A noite estava escura, céu sem estrelas. De vez em quando ouvia-se o uivo de um lobo bem longe, misturado com o barulho do vento. As crianças reunidas na tenda do Mestre Benjamim estavam com medo e ele pode ver o medo em seus olhos. Foi então que uma delas perguntou: “Mestre Benjamim, há um jeito de não ter medo? Medo é tão ruim”! Mestre Benjamim então respondeu: “Há sim... e ficou quieto” veio então a outra pergunta: “E qual é esse jeito?” – É muito fácil. È só pensar como as ovelhas pensam... – Mas como é que vou saber o que as ovelhas estão pensando? Mestre Benjamim respondeu: “ Quando durante a noite, as ovelhas estão deitadas na pastagem, os lobos estão a espreita. Eles uivam. As ovelhas sentem medo... (Continua...)

13 outubro, 2011

15 de Setembro - Para Viver Melhor

 “Eu vim para que tenham vida, e a tenham  em abundância”Jesus  (João 10:10)
Para viver melhor... não deixe que interferências externas tumultuem o seu cotidiano. Afaste-se de fofocas, comentários maldosos e gente negativa. Sintonize-se com pessoas positivas e de alto astral, pois o entusiasmo tanto quanto o negativismo são contagiosos. Para viver melhor... cultive o bom humor e a alegria. Não se aborreça com facilidade e nem dê importância às pequenas coisas, pois quando nos irritamos, envenenamos nosso corpo e mente. Para viver melhor... faça o seu dia valer a pena, não perca tempo com melindres e preocupações. Viva bem o dia de hoje, pois nada se repete, tudo passa. Não deixe que a rotina o(a) acomode, nem que o medo o(a) impeça de avançar, nem que nada e nem ninguém roube sua esperança e disposição de agir em busca de uma melhor qualidade de vida , pois... “Sim! É possível viver melhor”!
Reflexão Dirigida:
1) O que você pode fazer hoje para viver melhor?
2) O que você pode fazer para colocar mais alegria no seu dia a dia?
3) Que nossa comunhão diária com Deus nos ensine a viver melhor.

12 outubro, 2011

14 de Setembro - A Lei do Retorno II

 “Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês”Jesus (Mateus 9:12)
 E seu pai explicou-lhe: “As pessoas chamam isso de “ECO”, mas, na verdade, é a vida. A vida lhe dá de volta tudo o que você “diz”, portanto é importante cuidar do que sai da sua boca. A vida lhe dá de volta tudo o que “deseja de bom” ou de “mal” para os outros, portanto cuidado com o que deseja para o outro. A vida irá devolver-lhe toda a maldade, inveja, incompreensão e falta de honestidade, que desejou as pessoas que o cercam. Nossa vida é, simplesmente o reflexo das nossas ações. Se quiser amor, compreensão, sucesso, harmonia, fidelidade, plante-os no seu coração. Se agir assim, a vida irá lhe dar felicidade, sucesso e o amor das pessoas que o circundam. Reflita e melhore sua vida enquanto há tempo! Tudo o que somos é o resultado do que pensamos”.
Reflexão Dirigida:
1) A vida nos traz de volta aquilo que distribuímos pelo caminho.
2) Deus nos convida a falar e desejar sempre o bem a todos.
3) Quando não houver nada de bom para falar o melhor é silenciar.

13 de Setembro - A Lei do Retorno

“A boca fala do que o coração está cheio” Jesus (Mateus 12:34)
Um filho e seu pai caminhavam pela montanha. De repente, o menino caiu, se machucou e gritou: “Ai!”  Para sua surpresa, escuta sua voz se repetindo em algum lugar da montanha: “Ai!” Curioso o menino perguntou: “Quem é você?” E recebe como resposta: “Quem é você?” Contrariado então gritou: “Seu covarde!” E escuta como resposta: “Seu covarde!” O menino olhou para o pai e perguntou-lhe aflito: “O que é isso?”  O pai sorriu e lhe respondeu: “Meu filho, preste atenção”. Então o pai grita em direção à montanha: “Eu admiro você!”  A voz respondeu-lhe: “Eu admiro você!”  De novo, o homem grita: “Você é um campeão!”  A voz responde-lhe: “Você é um campeão!”  O menino fica espantado. Não entende e indaga o pai sobre o que é aquilo. (Continua amanhã...)

03 outubro, 2011

12 de Setembro - Paz Interior II

“Deus nos mandou um menino que será o nosso rei e será chamado de Príncipe da Paz” Isaías 9:6
“Ter paz é admitir a própria imperfeição e reconhecer meus medos, fraquezas e carências. É  não precisar que os outros se modifiquem para que eu fique bem... Ter paz é aprender com os próprios erros, é dizer “não”, quando é “não” mesmo que se quer dizer... Ter paz é ter forças para voltar atrás, pedir perdão e refazer o caminho. A paz que hoje trago em meu peito é a tranquilidade de aceitar os outros como são, e a vida como ela é... Ter paz é humildade para reconhecer que não sei tudo e ter disposição para aprender a cada dia. Ter paz é ter vontade de dividir o pouco que tenho e não me aprisionar ao que não possuo. É melhorar o que está ao meu alcance, aceitar o que não pode ser mudado e ter lucidez para distinguir uma coisa da outra. Ter paz é admitir que nem sempre tenho razão, e, mesmo que tenha, não preciso lutar por ela. É ter certeza de que todos tem direito de escolher o próprio caminho e aceitar as diferenças sem questionar. Ter paz é amar e dar aos que amo todo o carinho e amor que sinto”.
Reflexão Dirigida:
1) Você cultiva a paz interior?
2) Que possamos promover a paz à nossa volta.
3) Jesus Cristo é o Príncipe da Paz.

6 de Setembro - Paz Interior I

“Então Jesus chegou, ficou no meio deles e disse: “Que a paz esteja com vocês!” João 20:19
 “A paz que trago hoje no meu peito é diferente da paz que eu sonhei um dia... Quando se é jovem imagina-se que ter paz é poder fazer o que se quer e jamais enfrentar uma contradição ou uma decepção. Todavia o tempo vai nos mostrando que a paz é resultado do entendimento de algumas lições importantes que a vida oferece. A paz está no dinamismo da vida, no trabalho, na esperança, na confiança, na fé... Ter paz é ter a consciência tranquila, é ter certeza de que se fez o melhor ou, pelo menos tentou... Ter paz é assumir  responsabilidades e cumpri-las, é ter serenidade nos momentos mais difíceis da vida. É ter ouvidos que ouvem, olhos que vêm e boca que diz palavras que constroem. Ter paz é ter um coração que ama incondicionalmente...” (continua amanhã)