17 dezembro, 2011

13 de Dezembro - Recuperação

 “Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei”Jesus (Mateus 11:28)
"Uma linda jovem, casada e com uma filha de 9 anos, lutava contra o alcoolismo. Chorando, compartilhou que parecia ouvir a “champanhe” lhe chamar, e que todas as vezes em que havia tido o propósito de beber uma única taça, acabou bebendo a garrafa toda. Cansada de tantas situações constrangedoras em decorrência disso, resolveu se tratar". O alcoolismo é uma doença que está crescendo entre a população feminina. Agindo muitas vezes como anestésico emocional, embora de efeito rápido, pois logo após a sensação de relaxamento ou euforia, vem a tristeza e depressão, muitas mulheres estão se deixando seduzir pela bebida alcoólica. Com o passar do tempo, a quantidade ingerida não faz mais o efeito desejado, pois  o álcool induz à tolerância, então a pessoa passar a ingerir constantemente quantidades maiores. É preciso ter humildade para buscar o socorro que vem de Deus, e a confiança de crer que Ele caminhará junto com todo aquele que  deseja cura e transformação de vida.
Reflexão Dirigida:
1) Com a direção de Deus é possível tratar o alcoolismo e suas implicações.
2) Quando há alcoolismo toda  família precisa ser tratada.
3) Ore expulsando da sua vida e da sua família a doença do alcoolismo.

12 de Dezembro - Saudade

 “Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas” Salmo 42:5
Que nome dar ao vazio nostálgico, dolorido e bom que invade a nossa alma e toma conta do momento? Essa viagem que fazemos sem malas e documentos e que nos leva e nos trás, cheios de amor e de não sei o quê? Saudade... que não escolhe hora ou lugar, e aparece assim como um passarinho que pousa em nosso coração. Mas, se existe saudade é porque existem sementes de ternura plantadas em nós; pedacinhos de coisas boas, que talvez nem tenham durado muito tempo, mas o suficiente para deixar um rastro; um sabor; uma marca; um perfume. A saudade é uma prova, um certificado carimbado e assinado embaixo de que não estamos inteiramente sós e nem vazios, pois temos um coração rico em histórias que nos farão rir sozinhos e nos sentir vivos. Aprendemos assim, que sentir saudades é respirar o amor que plantaram em nós e viver repletos desse amor para a vida toda. (Letícia Thompson)
Reflexão Dirigida:
1) Mantenha as boas recordações em seu coração e descarte as más.
2) Quem nos feriu e magoou não merece estar em nosso coração.
3) Aquele que não sente saudades jamais amou.

16 dezembro, 2011

9 de Dezembro - Amor Verdadeiro III

 “Existem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. Porém a maior delas é o amor” 1 Coríntios 13:13
Então o velho conselheiro disse: “Jamais esqueçam o que estão vendo, esse é o meu conselho. Vocês são como a águia e o falcão. Se estiverem amarrados um ao outro, ainda que por amor, não só viverão arrastando-se como também, cedo ou tarde, começarão a machucar um ao outro. Se quiserem que o amor de vocês perdure, voem juntos, mas jamais amarrados. Respeite o direito das pessoas de voar rumo ao sonho delas. Libere a pessoa que ama, para que ela possa voar com as próprias asas. Somente livres as pessoas são capazes de amar verdadeiramente”.
Reflexão Dirigida:
1) Deus nos convida a construir relacionamentos de amor puro e verdadeiro.
2) O amor que você oferece liberta ou aprisiona o outro?
3) Quanto mais tentarmos prender uma pessoa mais ela se afastará de nós.

8 de Dezembro - Amor Verdadeiro II

 “Se nos amamos uns aos outros, Deus vive unido conosco, e o Seu amor enche completamente o nosso coração” 1 João 4:12
Os jovens se abraçaram com ternura e logo partiram para cumprir a missão. No dia estabelecido, na frente da tenda do velho conselheiro, os dois esperavam com as aves. O velho as tirou dos sacos e constatou que eram verdadeiramente formosos exemplares dos animais que ele havia pedido. “E agora, o que faremos”? Perguntaram os jovens. “Peguem as aves e amarrem uma na outra pelos pés com essas fitas de couro. Quando estiverem amarradas, soltem-nas para que voem livres”. Eles fizeram o que lhes foi ordenado e soltaram os pássaros. A águia e o falcão tentaram voar, mas conseguiram apenas saltar pelo terreno. Minutos depois, irritadas pela impossibilidade do voo, as aves arremessaram-se uma contra a outra, bicando-se até se machucarem. Continua...

7 de Dezembro - Amor Verdadeiro I


“O amor que é totalmente verdadeiro afasta o medo” 1 João 4:18
Conta uma lenda dos índios Sioux que certa vez, Touro Bravo e Nuvem Azul chegaram de mãos dadas à tenda do velho conselheiro da tribo e pediram: “Nós nos amamos e vamos nos casar. Mas, nos amamos tanto que queremos um conselho que nos garanta ficar sempre juntos, que nos assegure estar um ao lado do outro até a morte. Há algo que possamos fazer”? O velho conselheiro emocionado, ao vê-los tão jovens, tão apaixonados e tão ansiosos por ou vir uma palavra, lhes disse: “Existe  sim, algo que possa ser feito, ainda que sejam tarefas muito difíceis. Você, Nuvem Azul, deve escalar o monte ao norte da aldeia, apenas com uma rede, caçar o falcão mais vigoroso e trazê-lo aqui, com vida, até o terceiro dia depois da lua cheia. E você Touro Bravo, deve escalar a montanha  do trono, lá em cima encontrarás a mais brava de todas as águias. Somente com uma rede deverás apanhá-la, trazendo-a para mim viva”! Continua...

06 dezembro, 2011

6 de Dezembro - Inspiração Para Criar

“Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” Filipenses 4:13
É preciso sonhar! Quando acalentamos sonhos em nossos corações, somos motivados a batalhar para realizá-los. Isso nos encoraja e impulsiona a seguir em frente com ousadia e determinação. Os sonhos transformam o mundo, pois inspiram homens e mulheres a criar, os encorajando a conquistar. Abraham Lincoln, Gandhi, Einstein, Freud, Thomas Edison, Machado de Assis, e tantos outros, foram homens que mudaram a história porque tiveram grandes sonhos. Seus sonhos aliviaram suas dores, trouxeram esperanças nas perdas, renovaram suas forças nas derrotas. É preciso sonhar! Os sonhos  promovem saúde emocional; capacitam o frágil para ser autor da sua história; animam os deprimidos; dão ousadia aos tímidos e fazem com que novas oportunidades sejam construídas por aqueles que se sentiram derrotados.
Reflexão Dirigida:
1) Que sonhos que você tem acalentado em seu coração?
2) Nunca é tarde para lutar pela realização dos nossos sonhos.
3) Que nossos sonhos estejam no centro da vontade de Deus.

05 dezembro, 2011

5 de Dezembro - Determinação II


 “Ajudem uns aos outros e assim vocês estarão obedecendo à Lei de Cristo” Gálatas 6:2
(Continuação de ontem...) “Do buraco saíram outras formigas, que começaram a cortar a folha em pequenos pedaços. Elas pareciam alegres na tarefa. Em pouco tempo, a grande folha havia desaparecido, dando lugar a pequenos pedaços que foram levados para o buraco. Imediatamente me peguei pensando em minhas experiências. Quantas vezes desanimei diante do tamanho das tarefas e das dificuldades? Talvez se a formiga tivesse olhado para o tamanho da folha, nem mesmo teria começado a carregá-la. Invejei a persistência, e a força daquela formiguinha e pedi a Deus que como ela, eu tivesse a inteligência para dividir em pedaços o fardo que às vezes se apresenta grande demais para mim. Que eu tivesse a humildade de buscar e aceitar ajuda sempre que necessário, e conseguisse partilhar com os outros o êxito da chegada, mesmo que o trajeto tivesse sido solitário. Agradeci a Deus por ter colocado aquela formiga em meu caminho ou por me ter feito passar pelo caminho dela”. (Ninon Rose H.Silva).
Reflexão Dirigida:
1) Você pede/aceita ajuda quando se sente sobrecarregado?
2) A oração nos dá a força necessária para seguir em frente.
3) Viver um dia de cada vez divide o nosso fardo em pequenos pedaços.

2 de Dezembro - Determinação I


“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” Jesus (Mateus 11:28)
“Outro dia vi uma formiga que carregava uma enorme folha. A formiga era pequena e a folha deveria ter no mínimo dez vezes o tamanho dela. A formiga a carregava com sacrifício. Ora a arrastava, ora a tinha sobre a cabeça. Quando o vento batia, a folha tombava, fazendo cair também a formiga. Foram muitos os tropeços, mas, nem por isso a formiga desanimou de sua tarefa. Eu a observei e acompanhei, até que chegou próximo de um buraco, que devia ser a porta de sua casa. Foi quando pensei: “Até que enfim ela terminou seu empreendimento”. Ilusão minha. Na verdade, havia apenas terminado uma etapa. A folha era muito maior que a boca do buraco, o que fez com que a formiga a deixasse do lado de fora, para então entrar sozinha. Foi aí que eu disse a mim mesmo: “Coitada, tanto sacrifício para nada”. Mas, a pequena formiga me surpreendeu...” (continua amanhã).

01 dezembro, 2011

1 de Dezembro - Somos Todos Irmãos

 “Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram” Romanos 12:15
O fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand, durante cinco anos visitou 78 países e entrevistou 5600 pessoas, formulando a cada uma as mesmas 40 perguntas, como: “O que faz você rir?” ou “Com que você sonhava quando era criança?”. O resultado, registrado em vídeo, gerou a exposição “6 Bilhões de Outros”, que esteve em cartaz no Museu de Arte de São Paulo. De um pescador brasileiro a um sapateiro chinês, de um artista alemão a um fazendeiro afegão, todos filmados em close idêntico, compartilham com as “Pessoas” do Museu da Pessoa o mesmo anonimato e a mesma função de gerar empatia.Um dos responsáveis pelo Projeto diz:“Queremos fazer as pessoas verem que somos todos iguais, que um executivo de um país, rico pode pensar o mesmo que um agricultor africano sobre a vida”. Compreender que somos todos irmãos de humanidade, nos leva a enxergar e tratar o outro com mais amor.
Reflexão Dirigida:
1) O amor incondicional nos leva a amar quem nem conhecemos.
2) Sejamos solidários e procuremos aplacar o sofrimento do outro.
3) Jesus nos convida a amar o próximo como a nós mesmos.

30 de Novembro - A Herança II

“Que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra” Filipenses 2:10
(Continuação de 29/11...) Mas, em todas as vezes Deus estava comigo e não permitiu que nada me tocasse ou me machucasse. Com tudo isso, tenho aprendido que o primeiro passo a ser dado, ao se tratar com questões de herança, é colocá-las nas mãos de Deus, antes de fazer planos com ela, ou de tocar em qualquer centavo. A benção de Deus precisa estar sobre a herança a fim de quebrar qualquer maldição lançada sobre ela, advindas de negócios escusos, prejuízos causados a alguém, rivalidades, injustiças, dinheiro ilegal ou tantos outros motivos, muitas vezes ocultos. Descobri que as coisas não eram tão simples como imaginei. Hoje ainda batalho espiritualmente por questões ligadas a essa herança e espero a liberação da justiça dos bens envolvidos. Agradeço sempre a Deus por ter preservado e continuar preservando a minha vida, em meio a tantos atentados contra ela, e por me revestir de coragem para não desistir.” (CC).
Reflexão Dirigida:
1) A oração nos protege em toda e qualquer situação.
2) Deus nos capacita para a batalha espiritual.
3) Compartilhar aquilo que aprendemos é amar ao próximo