01 dezembro, 2011

1 de Dezembro - Somos Todos Irmãos

 “Alegrai-vos com os que se alegram; e chorai com os que choram” Romanos 12:15
O fotógrafo e ambientalista francês Yann Arthus-Bertrand, durante cinco anos visitou 78 países e entrevistou 5600 pessoas, formulando a cada uma as mesmas 40 perguntas, como: “O que faz você rir?” ou “Com que você sonhava quando era criança?”. O resultado, registrado em vídeo, gerou a exposição “6 Bilhões de Outros”, que esteve em cartaz no Museu de Arte de São Paulo. De um pescador brasileiro a um sapateiro chinês, de um artista alemão a um fazendeiro afegão, todos filmados em close idêntico, compartilham com as “Pessoas” do Museu da Pessoa o mesmo anonimato e a mesma função de gerar empatia.Um dos responsáveis pelo Projeto diz:“Queremos fazer as pessoas verem que somos todos iguais, que um executivo de um país, rico pode pensar o mesmo que um agricultor africano sobre a vida”. Compreender que somos todos irmãos de humanidade, nos leva a enxergar e tratar o outro com mais amor.
Reflexão Dirigida:
1) O amor incondicional nos leva a amar quem nem conhecemos.
2) Sejamos solidários e procuremos aplacar o sofrimento do outro.
3) Jesus nos convida a amar o próximo como a nós mesmos.

30 de Novembro - A Herança II

“Que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra” Filipenses 2:10
(Continuação de 29/11...) Mas, em todas as vezes Deus estava comigo e não permitiu que nada me tocasse ou me machucasse. Com tudo isso, tenho aprendido que o primeiro passo a ser dado, ao se tratar com questões de herança, é colocá-las nas mãos de Deus, antes de fazer planos com ela, ou de tocar em qualquer centavo. A benção de Deus precisa estar sobre a herança a fim de quebrar qualquer maldição lançada sobre ela, advindas de negócios escusos, prejuízos causados a alguém, rivalidades, injustiças, dinheiro ilegal ou tantos outros motivos, muitas vezes ocultos. Descobri que as coisas não eram tão simples como imaginei. Hoje ainda batalho espiritualmente por questões ligadas a essa herança e espero a liberação da justiça dos bens envolvidos. Agradeço sempre a Deus por ter preservado e continuar preservando a minha vida, em meio a tantos atentados contra ela, e por me revestir de coragem para não desistir.” (CC).
Reflexão Dirigida:
1) A oração nos protege em toda e qualquer situação.
2) Deus nos capacita para a batalha espiritual.
3) Compartilhar aquilo que aprendemos é amar ao próximo