15 setembro, 2012

31 de Agosto - Amor Verdaeiro II



 “Quem ama é paciente e bondoso” 1 Coríntios 13:4
(continuação...) Mas, por mais que ele insistisse ela nunca lhe mandara uma fotografia, justificando-se que se o que ele sentisse por ela fosse real e sincero, pouco lhe importaria sua aparência, e que quando ele viesse a Nova York se encontrariam e estariam livres para decidir se parariam ou continuariam a ir em frente. Finalmente chegou o dia: se encontrariam as seis horas da tarde na Estação Central de Nova York e Hollis estaria com um botão de rosa vermelha na lapela para ser identificada. Faltando um minuto para as seis horas, o coração do tenente deu um salto. Uma jovem veio em sua direção. Era alta e magra, com o cabelo loiro cacheado puxado para trás da orelha, os olhos azuis como flores, no seu vestido verde-claro, ela era a própria primavera. Ele começou a andar em sua direção, sem sequer reparar que ela não estava usando qualquer rosa na lapela, e, à medida que ele se aproximava, a moça esboçava um sorriso encorajador... (continua amanhã).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.