27 fevereiro, 2016

27 de Fevereiro - Mães de Joelho, Filhos de pé


“Até que eu, Débora, me levantei, por mãe de Israel me levantei” Juízes 5:7

Em maio de 1995 por ocasião da Conferência Global sobre Evangelização Mundial em Seul na Coréia, o Pastor Jeremias P. da Silva assistiu  à consagração dos primeiros 100 mil jovens para a obra missionária de evangelização. Durante a consagração foi feito uma menção de gratidão às mães que oraram para que esse momento se tornasse realidade. Esse fato fez nascer no coração do Pastor Jeremias bem como do Pastor Marcelo Gualberto o sonho de ver acontecer algo semelhante no Brasil.  Assim eles lançaram um desafio para que as mães brasileiras começassem a orar intensamente por um despertar missionário no Brasil. A esposa do Pastor Jeremias, Ana Maria, foi convidada a unir-se a eles e assim os três iniciaram esse movimento, que tem como nome: “Desperta Débora que veio da leitura do livro de Juízes (5:7-12) no Antigo Testamento da Bíblia. Esse trecho conta que Débora foi uma juíza que se levantou como mãe para defender Israel, sua nação, e desafia a si mesma dizendo: “Desperta Débora, desperta. Desperta, acorda”. O Brasil conta hoje com mais de 50 mil mães biológicas, adotivas ou espirituais, de qualquer denominação religiosa, comprometidas a orar diariamente por seus filhos e pela juventude por no mínimo 15 minutos diários. As nossas  crianças, adolescentes e jovens precisam de nossas  orações incessantes pois vivem expostos às pressões tão incrivelmente perigosas como a prostituição, as drogas, violência, etc. Creia: a sua oração faz a diferença.
Reflexão dirigida:
1) Ninguém ora por um filho como uma mãe.
2) Una-se ao movimento orando 15 minutos diariamente.
3) Ore agora por seu filho:  http://angelscrist.blogspot.com.br/2010/06/oracao-filhos.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.