19 agosto, 2012

15 de Agosto - O Poder das Palavras I


“Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros” Efésios 4:29
“Eu nasci com seis dedos em cada mão e sem nenhuma articulação. A primeira cirurgia foi feita quando eu tinha seis meses de idade e, aos dezesseis anos, somavam-se vinte e sete operações. Minhas mãos ainda não eram “normais”, mas eu chegara ao meu limite. Aos dezesseis anos senti-me no direito de dizer: “Me deixem em paz!” Minha família apoiou minha decisão, dizendo-me que,  se eu quisesse, poderia fazer outras operações mais tarde. Mas eu pensei: “Chega, não preciso de mais sofrimento. Minhas mãos vão ficar do jeito que estão.” E assim foi. Anos mais tarde meu melhor amigo, temendo pelo meu sofrimento resolveu me alertar que o rapaz de quem eu tanto gostava e esperava namorar um dia, jamais ficaria comigo porque eu era deformada. Eu ouvi isso, foi um grande golpe. Acreditei nisso...” (continua amanhã).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.