08 fevereiro, 2012

7 de Fevereiro - Comparações... - Parte II

“Entrega o teu caminho a Deus, confia Nele e Ele o  fará” Salmo 37:5
(Continuação de ontem...) Justamente por isso, é preciso tomar consciência de que o que realmente importa é seguir nosso próprio movimento interior e realizar da melhor maneira possível nossa vocação. Alan nunca desejara dedicar sua vida a uma empresa, e o que ganhava como assistente social era suficiente para suprir suas necessidades. Ele sentia um gosto enorme em ajudar as pessoas, e era isso o que fazia. Sua inveja da vida de Ken dissipou-se quando ele pensou nos rostos sorridentes das famílias que ajudava todos os dias. Às vezes olhamos para o que as outras pessoas têm e queremos tê-lo também em vez de pensar naquilo que realmente nos motiva, que realmente queremos e de que precisamos.
Reflexão Dirigida:
1) O que lhe motiva profissionalmente?
2) Não se compare com ninguém e nem se sinta menos que ninguém.
3) Que possamos aprender a nos olhar como Deus nos olha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.