01 setembro, 2011

19 de Agosto - Uma Boa Escolha II

“Perdoa as nossas ofensas como também nós perdoamos as pessoas que nos ofenderam” Jesus (Mateus 6:12)
Num reencontro comovente, Carreras interrompeu a apresentação de Plácido, ajoelhou-se, pediu perdão e agradeceu em público. Plácido levantou-o, e, com um abraço iniciaram ali uma grande amizade. Quando indagaram a Plácido por que criara a fundação, se, com ela, beneficiava um inimigo e revivia um concorrente, a resposta foi: “Porque uma voz como essa não se pode perder”. Será que nós seríamos capazes de fazer o mesmo? Como é que nós lidamos com “supostos inimigos”? Podemos escolher colocar um fim na hostilidade, através da  busca de novos caminhos para lidar com as situações. Podemos escolher perdoar e jogar fora todo o lixo emocional que guardamos dentro de nós até hoje, e, de forma inteligente, decidir "quem" e "o que" manteremos daqui para frente em nosso coração.
Reflexão Dirigida:
1) Quem você precisa perdoar?
2) Guardar ressentimento é envenenar-se todos os dias.
3) Ao sermos feridos busquemos em Deus a cura de nossas emoções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.