16 fevereiro, 2011

9 de Fevereiro - Mulher Sábia II



“Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar” João 14:2

Não tardou muito e constatou-se que a filha estava gravemente enferma: Leucemia! Foi um choque terrível para aquela família. Procuraram os melhores especialistas, gastaram muito dinheiro, mas a saúde da moça não pode mais ser recuperada. Em pouco tempo ela perdeu peso, enfraqueceu muito e era visível que a morte se aproximava. Os pais se revezavam, ao lado da filha no hospital. Numa dessas oportunidades o pai estava sozinho com a filha, que se mostrava muito inquieta...De repente, ela tomou a mão do pai, segurando-a firmemente, olhou fundo nos seus olhos e, com sua voz já bastante fraca, disse: “Papai, eu sei que vou morrer. Não há mais esperança para mim. Mas diga-me, pai, como devo morrer:como atéia, como o senhor, ou devo morrer como cristã, como a minha mãe?” Estas palavras feriram o coração daquele pai, que desatou a chorar abraçando a filha e soluçando, respondeu: “Filha, então morra como uma cristã, que tem a esperança como a tua mãe a tem!”
Reflexão dirigida:

1) Jesus Cristo é a fonte da nossa esperança.

2) Precisamos de Deus para enfrentar a dor profunda da perda de alguém que amamos imensamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.