28 maio, 2009

25 de Maio - Rainha Ester

“Pois como poderei ver o mal que sobrevirá ao meu povo?” Ester 8:6

Ester viveu aproximadamente em 483 antes de Cristo. Foi criada, como filha, por um primo chamado Mardoqueu, após ficar orfã de pai e mãe. Omitindo que era judia, ganhou o concurso de beleza do rei Assuero e se tornou sua nova rainha. Um dos ministros preferidos do rei, chamado Hamã, se enfureceu e passou a perseguir Mardoqueu por recusar-se a curvar-se diante dele, e também a todos os demais judeus, com intenção de destruí-los. Conseguiu convencer o rei Assuero que então emitiu uma ordem no sentido de destruir todo o povo judeu. Quando Ester soube do terrível perigo que ameaçava o seu povo ela não hesitou um só momento, e enfrentando as leis que proibiam a presença de homem ou mulher, diante do rei sem ter sido chamado, e cuja pena era a morte, Ester compareceu, pois estava animada pelo espírito de amor ao seu povo, injustamente perseguido. O rei entretanto, que amava sua esposa a recebeu e ouviu o seu pedido. Conseguiu então Ester, expor ao rei as maldades de Hamã, sua crueldade e o ódio que tinha aos judeus, ao mesmo tempo que o rei tomava conhecimento que Mardoqueu tinha certa ocasião salvo sua vida. Dessa forma Hamã foi condenado e a perseguição contra os judeus terminou. Através da sua atitude sábia e corajosa Esther salvou a própria vida, a de Mardoqueu e a de um grande número de judeus na Pérsia.


Reflexão dirigida:

1) Você arriscaria a sua vida para defender os que ama?
2) Peça a Deus coragem para fazer o que precisa ser feito.
3) Como aconteceu com Ester, Deus tem um propósito especial para cada um de nós.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.