05 abril, 2009

REDE DE LUZ 2009 - 3 de abril

“Bem sei, meu Deus, que Tu provas os corações e que da sinceridade Te agradas.” 1 Crônicas 29:17

A sinceridade é um dos aspectos da vida de uma pessoa que mais coloca em evidência seu caráter. No latim, “sincero” significa sem cera, isto é, sem a cera usada para disfarçar os defeitos das esculturas e dos móveis de madeira. Os carpinteiros e os escultores enchiam as trincas com cera misturada ao pó da própria madeira, alisava, lixavam, envernizavam e tudo parecia perfeito. Porém, com o passar do tempo, sob a ação do calor; do frio e da umidade e também pelo uso, a cera ia se desfazendo e as trincas iam aparecendo. Sinceridade, significa “sem cera”, sem máscaras. É ser o que realmente é e não o que aparenta ser; é ter a coragem de ser o que se é de verdade e não o que os outros querem que sejamos. Além de sermos sinceros em nossos relacionamentos, sejamos também transparentes em nossa relação com Deus, dizendo-lhe como estamos de fato nos sentindo; confessando quando estamos aborrecidos com os acontecimentos ou desapontados com alguma situação, pois Ele se agrada dos sinceros. Peçamos também a Deus que nos capacite a indentificar a falta de sinceridade nas pessoas à nossa volta para que não nos tornemos “presas” das ciladas do maligno. Não nos esqueçamos que, mais dia ou menos dia, a cera se esfarinha e a rachadura aparece.


Reflexão dirigida:

1) Você cultiva a sinceridade em seus relacionamentos?

2) A sinceridade está presente no seu relacionamento com Deus?
3) Você está sendo de fato quem você é?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.