27 março, 2009

REDE DE LUZ 2009 - 24 de março

“Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.” 1 João 4:8
“Na verdade nada está sob controle... existem sentimentos dentro de mim, que estão me torturando e me mantendo presa ao passado, independente da minha vontade, pois eu não quero pensar nele...mas penso; não quero me lembrar dos bons momentos...mas lembro; não quero mais amá-lo...mas continuo amando...Por que? Por que não consigo esquecer? Por que não o odeio por ter me machucado tanto? Sinto vergonha de me sentir dessa forma, gostaria que o meu coração respeitasse a minha vontade... mas ele não respeita. Me sinto vencida por um sentimento que é maior do que eu.” Após dizer isso, a jovem caiu em um pranto convulsivo.
O velho sábio então, estendeu-lhe a mão e disse: “O amor nunca deve ser motivo de vergonha, pois ele é divino, é a energia que move o mundo e que faz com que a vida valha a pena. Amar é correr riscos, pois nunca sabemos aonde o amor poderá nos levar, e você teve a coragem de se arriscar. Mas, agora seu coração está partido, e a cura para um coração partido é aquele remédio universal: o tempo. Tenha paciência consigo mesma e peça socorro à Deus e viva um dia de cada vez; uma hora de cada vez; um momento de cada vez, pois quando menos esperar perceberá que sua ferida estará começando a cicatrizar.”

Reflexão dirigida:
1) Que o seu coração ferido não se torne um coração fechado.
2) Compartilhe sua dor com Jesus Cristo e seja consolado.
3) Tenha compaixão. Muitos à sua volta estão sofrendo com feridas invisíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.