12 janeiro, 2009

14 de Janeiro de 2009 - Falta de Amor - Por um Ano de Luz



“Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine. E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que trans-portasse os montes, e não tivesse amor, nada seria. E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.” 1 Coríntios 13:1





Embora para alguns cujo olhar esteja fixado somente nas coisas que dão ou deram errado no passado, isso possa parecer estranho, a verdade é que o “amor” é que move o mundo e faz com que suportemos a nossa jornada na vida. Distribuir amor, plantar sementes de amor, manifestar o amor é o que nos alimenta para caminhar. A Madre Tereza de Calcutá, diga-se de passagem, uma representante do amor de Deus na terra, disse há anos em uma entrevista que a seu ver a pior pobreza que existia no mundo não era a fome e sim a falta de amor que atinge todas as classes sociais. O amor é indispensável à vida e profundas são as feridas que a sua ausência causa no ser humano.
Reflexão Dirigida:
1) Em 2009 pronuncie mais a frase “eu te amo”.

2) Inunde o seu dia a dia com pequenos gestos de amor e a vida se encarregará de lhe retribuir todo o amor que espalhar. Experimente!

3) Quanto mais amor distribuirmos, mais amor receberemos em nosso caminho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por postar um comentário! Esse blog ficará mais rico em informações após sua contribuição.